Cha de Gengibre

Gengibre diminui ansiedade?


publicado à 18 dias atrás

Você sabia que o gengibre pode ser utilizado também para combater sintomas da ansiedade? Para saber como ele pode auxiliar nos momentos de crise, continue lendo!

A ansiedade é algo natural da nossa condição humana e as suas reações podem surgir em qualquer fase da nossa vida. Quando ela ocorre constantemente, pode atrapalhar a vida profissional e pessoal da pessoa.

Os sintomas de uma crise de ansiedade são os mais diversos, a pessoa pode sentir taquicardia, tontura, náuseas, sensação de medo intermitente, dentre outros. Se esses sintomas são recorrentes no seu dia, pode ser que você esteja passando por uma crise.

Existem algumas maneiras naturais para combater os sintomas da ansiedade, como por exemplo, utilizar o gengibre.

Dentre os mais diversos benefícios, o gengibre age no nosso corpo como um estimulante. Auxiliando na melhora do humor e da disposição de quem o consome. Além disso, também pode ser eficaz no combate ao sintoma de náuseas que pessoas com ansiedade podem ter.

A recomendação de consumo diário do gengibre é de 4g, independente se será em óleo, através de suplementação ou in natura, na sua forma de raiz. Caso o gosto do gengibre não agrade muito o seu paladar, você pode utilizá-lo no preparo de alimentos refogados e marinados.

Lembrando que, para mulheres grávidas, o consumo não deve exceder 1g. Assim como não deve ser consumido por pessoas que tiverem em tratamento médico com anticoagulantes (inclusive aspirina) ou tiver problemas de sangramento.

Além do consumo do gengibre, outra maneira eficaz de vencer a ansiedade é através da prática de meditação guiada. Que auxilia a pessoa a relaxar e a limpar a confusão mental que surge com as crises.

Se as crises de ansiedade acontecem perto da sua hora de dormir, atrapalhando o seu sono e te causando insônia, o correto é evitar o gengibre. Pois por ser estimulante, ele dificulta o sono estimulando o sistema nervoso central.

Assim como outros alimentos, como: café, pimenta, chocolate e chá preto. O consumo desses alimentos deve ser realizado antes das 16 horas para não impactar na sua noite de sono.
Gostou desse post? Compartilhe nas suas redes sociais!

Leia também como lidar com opiniões invasivas